Advogado quer a cassação de partidos ligados ao Foro de São Paulo


O advogado Cassiano Pastori Filarde entrou com processo de cancelamento de registros de partidos no Tribunal Superior Eleitoral em abril de 2019. O PT, PDT, PSB, PC do B, PCB e PPS podem ter seus registros cancelados. Único partido que nega a existência do Foro de São Paulo é o Cidadania (antigo PPS).

 

O PSB (Partido Socialista Brasileiro), acuado pela ação, se desvinculou em agosto deste ano do Foro de São Paulo, com duras críticas a Venezuela, onde o partido frisou o autoritarismo do governo ditatorial de Nicolás Maduro. Um dos membros do partido disse na época que: “Não defendemos o Guaidó, não defendemos o Trump, mas que fique claro nosso posicionamento e que nós não concordamos com a posição do Foro de São Paulo”.

 

Foro de São Paulo

 

O Foro de São Paulo é uma organização comunista internacional fundada em 1990, por Luís Inácio Lula da Silva e o falecido ditador comunista cubano, Fidel Castro.

O primeiro encontro se deu entre 1º a 4 julho de 1990, no extinto Hotel Danúbio, na cidade de São Paulo, Brasil e reuniu 48 partidos e organizações de 14 países latino-americanos e caribenhos, atendendo ao convite do Partido dos Trabalhos, conforme informa o Terça Livre.

Logo após a primeira reunião do Foro de São Paulo, houve a Queda do Muro de Berlim (Novembro de 1991) e a dissolução da União Soviética (Dezembro de 1991).

Enquanto o mundo estava lutando para se livrar das garras do comunismo que causou mais de 100 milhões de mortes (e causa até hoje em países como Coréia do Norte, Venezuela, Cuba, Africa, entre outros), Brasil e Cuba estavam se organizando para idealizar o plano que eles nominaram de “cinturão vermelho” (transformar toda a América Latina em comunista).

O Foro de São Paulo é uma organização internacional que objetiva o domínio político de países latino-americanos, fundado por Luís Inácio Lula da Silva e Fidel Castro em 1990. Nele reúnem-se inúmeros partidos de esquerda, partidos ilegais e grupos terroristas ligados ao tráfico internacional de drogas. O Foro tem como pedra fundamental manter o castrismo em Cuba e fazê-lo expandir-se para o continente, e para tal, usa diversos movimentos sociais como instrumento.“, trecho da petição destacado pelo Terça Livre.

 

Ouça o podcast com o advogado Cassiano Pastori Filarde e entenda os tramites processuais do caso e a atuação do TSE e a posição dos partidos envolvidos.

 

Sem Comentários

Deixe Seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *